FELIZ 2017!!!

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE MINAS

HISTÓRIA

Embora durante a Constituição do Império, promulgada em 1825, já houvesse um desejo geral de melhoria das instruções públicas nacionais, inclusive as escolas de mineração e metalurgia, a criação de novos colégios e universidades no território brasileiro foi discutida somente superficialmente. Em 3 de outubro de 1832, o poder executivo representado então pelos 3 regentes, sancionou, em nome do Imperador D. Pedro II uma lei votada pela Assembléia Legislativa, criando um curso de mineralogia que compreendia o ensino de exploração das minas, da metalurgia e da docimásia. Essa lei ficou esquecida por um grande período. 

Mais tarde, Sua Majestade o Imperador D. Pedro II, em convívio com alguns sábios franceses, pediu ao Prof. AUGUSTE DAUBRÉE, a indicação de um mineralogista e um geólogo franceses em condições de formarem, no Brasil, engenheiros capazes de organizar a exploração das riquezas minerais do país sob bases científicas e fundar uma Escola de Minas no Brasil. Essa indicação recaiu sobre CLAUDE HENRI GORCEIX, nascido a 19 de outubro de 1842, considerado como um sábio possuindo conhecimentos gerais muito sólidos.